Quem sou eu

Minha foto
Quem sou eu? Pra que o Deus de toda terra Se preocupe com meu nome Se preocupe com minha dor Quem sou eu? Pra que a estrela da manhã Ilumine o caminho Deste duro coração Não apenas por quem sou Mas porque tu és fiel Nem por tudo o que eu faça Mas por tudo o que tu és Eu sou como um vento passageiro Que aparece e vai embora Como onda no oceano Assim como o vapor E ainda escutas quando eu chamo Me sustentas quando eu clamo Me dizendo quem eu sou Eu sou teu Eu sou teu Quem sou eu? Pra ser visto com amor Mesmo em meio ao pecado Tu me fazes levantar Quem sou eu? Pra que a voz que acalma o mar E acaba com a tormenta Que se faz dentro de mim A quem temerei? A quem temerei? Eu sou teu Eu sou teu ''• Nosso Trabalho não é vão no Senhor''•
Coloque um “D” no começo e um “S” no fim do seu “eu”. E você vai ver, como tudo melhora!
IDE POR TODO MUNDO, PREGAI O EVANGELHO A TODA CRIATURA. (Mc. 16:15)

quarta-feira, 20 de abril de 2011

O Casamento



♫♪ A Orquestra Preparada, a Noiva Adornada

O Casamento breve vai acontecer
Lá nos Portais da Glória, está chegando a Hora
O Noivo Esperado vai nos receber

"Vinde, Benditos de Meu Pai, o Galardão vem receber
Entra agora para o Gozo", o Cordeiro vai dizer
A Marcha Nupcial tocando, a Igreja adentrando, pela Fé eu posso ver
O Porta Voz do Reino vai anunciar e o Coral todo de Branco vai cantar
Quando a Igreja do Senhor chegar no Céu
Vamos dizer: "Valeu a pena ser fiel"

Novo corpo, novo nome, novas vestes, novo hino cantaremos
Nunca mais a aflição
A Igreja vai dizer adeus a essa terra, adeus à guerra, acabou a provação
Com Abraão, o pai da Fé, nós cantaremos "Santo, Santo" ao Autor da Salvação
Com Arcanjos, Querubins e Serafins numa Canção que não tem fim adoraremos ao Senhor
Em frente ao Trono estaremos e a Ele adoraremos, para sempre o Louvor
Não haverá mais noite, a morte não existe, foi vencida
Santo é o Cordeiro Vencedor, louvaremos ao Senhor

Falado:
E mostrou-me um Rio Puro da Água da Vida, Claro como Cristal, que procedia do Trono de Deus e do Cordeiro. E no meio da Praça e de uma à outra banda do Rio estava a Árvore da Vida que produz Doze Frutos, dando Seu Fruto de mês em mês, e as Folhas da Árvore são para a Saúde das Nações e ali nunca mais haverá maldição e NEla estará o Trono de Deus e o Cordeiro, e os Seus Servos O servirão e verão o Seu Rosto. Nas suas testas estará o Seu Nome e ali não haverá mais noite e não necessitarão da lâmpada nem da luz do Sol, porque o Senhor Deus os iluminará e Ele reinará para todo o sempre!

Final:
Louvaremos ao Senhor ♫♪

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget

Calendario

Voce gostou do Blog?